Inteligência Económica -

Notas sobre o funcionamento do site

Voltar à disposição inicial da página.

Restaurar

MATRIZES ESTRATÉGICAS


Página 3 de 812345678

Salvar a ‘Europa’ de um destino belga

Salvar a 'Europa' de um destino belga

É preciso salvar a Europa da Bélgica, “this chocolate superpower”, o primeiro estado falhado da Europa que procura tornar a Europa num super-estado falhado. O aviso vem da área geopolítica, mais precisamente do catedrático Julian Lindley-French, num texto muito sério,... (Continue a ler)

Espanha, Dívida e Soberania

Espanha, Dívida e Soberania

As condições extremamente suaves (se comparadas com as portuguesas) que a Espanha obteve para os 100 mil milhões de empréstimo, são de uma injustiça gritante face ao que foi feito a Portugal, Grécia e Irlanda, mas parecem também indicar que... (Continue a ler)

Europa: Saída da Grécia não é solução mas sim mais um grande problema

Europa: Saída da Grécia não é solução mas sim mais um grande problema

A saída da Grécia, vista de Berlim, não é o problema. O problema é o ‘day after’ dessa saída e as portas que ela franqueia ao caos e ao desconhecido. Tudo o que a Alemanha não quer, como muito bem... (Continue a ler)

Bond… Project Bond!

 Bond... Project Bond!

O nome é Bond… Project Bond. Not Euro Bond! Nada de confusões… A senhora Merkel não deseja o Bond, Euro Bond. Mas, como é preciso um Bond, será Project Bond! A senhora Merkel não gostava do nome ‘Euro’, portanto, o... (Continue a ler)

Grécia semeia o pânico na Europa

Grécia semeia o pânico na Europa

Depois da arrogância, o pânico. Desde 2009, a Europa usou uma atitude arrogante e de ocupante no seu comportamento com uma Grécia em dificuldades extremas. Desde 2010, a Europa conduziu uma operação de ‘salvamento’ da Grécia cujo único objectivo é... (Continue a ler)

Pacífico, de novo, muito tenso…

Pacífico, de novo, muito tenso...

O site “Stars and Stripes” comenta  um artigo publicado no jornal militar chinês  China Liberation Daily onde se acusa os EUA de estarem a criar problemas no Mar do sul da China ao realizarem exercícios militares conjuntos com as Filipinas em... (Continue a ler)

A Estratégia Turca

A Estratégia Turca

O fim da Guerra Fria, em 1991, marcou o momento de mudança de estratégia para a Turquia, até então muito encostada aos EUA, na procura de alguma segurança face ao vizinho soviético. A intervenção americana no Iraque, em 2003, a... (Continue a ler)

Sobre a Crise da Democracia Europeia

Sobre a Crise da Democracia Europeia

Dias antes do suicídio do cidadão grego frente ao Parlamento, na Praça Sintagma de Atenas, Julian Lindley-French tinha escrito no seu blog um texto premonitório sobre o crescente divórcio entre os cidadãos e a ‘casta’ política, na Europa e nos... (Continue a ler)

A Europa a Caminho de… Nenhures!

A Europa a Caminho de... Nenhures!

Uma análise implacavelmente lúcida à evolução da situação desta triste Europa, do autor de Extreme Money: Masters of the Universe and the Cult of Risk, Satyajit Das, “an internationally respected expert in finance, with over 30 years’ experience. He worked... (Continue a ler)

O pai e a mãe de todos os défices

O pai e a mãe de todos os défices

O nosso maior défice é, há muito, o défice de inteligência. Deste défice resulta um vazio estratégico que é fatal tanto para o País como para as empresas e os cidadãos, condenando ao fracasso todos os esforços na busca de... (Continue a ler)

Mistérios do mundo

Mistérios do mundo

A ‘secreta’ francesa está na vanguarda da luta contra o ‘neo-liberalismo’… Espantoso? São os mistérios do mundo… ‘Indignai-vos‘ de Stéphane Hessel, o grande manifesto dos indignados, é obra de um homem dos ‘serviços’ e um dos criadores da ‘secreta’ francesa.... (Continue a ler)

2012 Visto pela Stratfor

2012 Visto pela Stratfor

A Stratfor apresentou as suas previsões para 2012. Neste “Annual Forecast 2012”, que analisa os problemas locais deste mundo globalizado, a Europa não aparece com uma imagem atraente (e isto é o mínimo que se pode dizer…): “The European Union... (Continue a ler)

O novo “pacto” não resolve a crise da zona euro

O novo

Em 2011, o défice da zona euro era de 4% do PIB e era de 10% nos EUA, 9,5 na Inglaterra e 9 no Japão… Ou seja, de facto, a zona euro não tem um défice público excessivo. Esta estratégia... (Continue a ler)



Página 3 de 812345678

Compression Plugin made by Web Hosting