Notas sobre o funcionamento do site

Voltar à disposição inicial da página.

Restaurar

barra login

“Juntamos esforços para combater o aquecimento global”

Numa altura em que em Varsóvia, a um dia do final da Conferência do Clima, estão difíceis as conversações consagradas à luta contra as alterações climáticas, sem sinais de avanço (e mesmo saída das ONG’s do encontro), publicamos, bem a propósito, em exclusivo, a opinião do representante de Taiwan em Portugal,  Jian-gueng Her, que traduz o sentimento de um país, que apesar de ter sido excluído do encontro, pede um esforço conjunto e continua a fazer um extraordinário trabalho de casa nesta área, contribuindo, em diferentes áreas, como por exemplo na tecnologia, para melhorar o clima mundial.

Juntamos esforços para combater o aquecimento global

Os desafios impostos pelas alterações climáticas continuaram a crescer durante a passada década. Como nenhum país está imune do impacto do aquecimento global, é de extrema importância que estes desafios sejam abordados de uma forma global para assegurar um desenvolvimento sustentável do nosso planeta.

Apesar de Taiwan ter sido excluída da possibilidade de entrar na UNFCCC e nos seus mecanismos relacionados, mantém-se firme no seu desejo de se juntar aos esforços internacionais dirigido à poupança de energia e redução das emissões de carbono. Como um membro responsável da comunidade internacional, Taiwan está comprometido em contribuir na luta contra as alterações climáticas e é um dos poucos países que voluntariamente anunciou metas de redução das emissões de carbono.

Taiwan faz uso das suas vantagens em alta tecnologia e design para reduzir as emissões de carbono. Taiwan tem feito grandes progressos no melhoramento das suas capacidades solares e eólicas. Actualmente, Taiwan é o maior fabricante de LED e o segundo maior em células solares. É também o oitavo maior fabricante de geradores para turbinas eólicas de 2MW. Só em 2012, o investimento total em indústrias verde rondaram os 1,44 biliões de dólares, num total de 12,5 biliões, criando 65.100 oportunidades de emprego. Além do mais, Taiwan já designou uma série de projectos de energia limpa para as Ilhas Salomão, Ilhas Marshall, Tuvalu, Nauru, Palu, Kiribati e Papua Nova Guiné. Nestes projectos estão incluídas a distribuição de sistemas de iluminação solar nas ruas e instalação de sistemas FV (fotovoltaicos) solares.

Desde Maio de 2009 que o Ministro da Saúde e Segurança Social tem sido convidado para assistir à Assembleia Mundial da Saúde (WHA) como observador, sob a designação de “Chinese Taipei”. Entretanto, no dia 11 de Setembro deste ano, o Presidente da Organização Mundial da Aviação Civil (ICAO) convidou oficialmente a Administração da Aeronáutica Civil (CAA) de Taiwan para assistir à 38ª Sessão da Assembleia do ICAO, como convidado, sob o nome de “Chinese Taipei”. Portanto, Taiwan está pronta para participar na UNFCCC como observador.

Com o seu “know-how” tecnológico e experiência, Taiwan pode ser um importante parceiro. Portanto, Taiwan apela fortemente à comunidade internacional para a sua participação na UNFCCC, através da concessão à Administração para a Protecção Ambiental (EPA) de Taiwan do estatuto de observador na COP.

Her, Jian-gueng
Representante
Centro Económico e Cultural de Taipei
(Representação de Taiwan em Lisboa)

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts relacionados:

Deixe um Comentário

 


Compression Plugin made by Web Hosting