Notas sobre o funcionamento do site

Voltar à disposição inicial da página.

Restaurar

barra login

Londres admite desenvolver “ciberarmas”

À semelhança dos EUA que admitem responder a qualquer ciberataque com meios militares tradicionais (leia aqui ), também o Reino Unido considera a Internet como um novo palco de guerra, estando por isso a desenvolver uma “caixa de ferramentas” com software capaz de ser usado em ofensivas contra outras nações, revelou Nick Harvey, ministro britânico da Defesa.

A ciberguerra é um “conflito sem fronteiras” e “a acção no ciberespaço fará parte do futuro campo de batalha”, afirma o ministro. Por isso, “precisamos de um arsenal de recursos e é isso que estamos a desenvolver”, diz Harvey, acrescentando que “as circunstâncias e o modo como vamos usá-lo são semelhantes ao que faríamos em qualquer outro domínio”.

Em entrevista ao The Guardian (aqui), o ministro defende a ideia de que o ciberespaço não é diferente de qualquer outro campo de combate, pelo que exige as mesmas estratégias.

Estas novas tecnologias ofensivas estão a ser desenvolvidas pelo Cyber Security Operations Centre, sob a direcção do governo britânico e do ministério da Defesa, revela Harvey.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts relacionados:

Deixe um Comentário

 


Compression Plugin made by Web Hosting